FILABRAS | Associação dos Filatelistas Brasileiros ABF Banner
FILABRAS | Associação dos Filatelistas Brasileiros
Você não está logado | Login ou Registre

Biblioteca da FILABRAS | Dicas e Outros Dicas e Outros

Pesquisar no Índice Completo da Biblioteca
Pesquisar por Tópico Pesquisar por Autor 
Ver PDF CATÁLOGO: COTAÇÃO & PREÇO, E SUA CORRELAÇÃO
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 27/02/2022

Qualquer catálogo de selos do mundo apresenta COTAÇÕES e não preços de mercado. Um catálogo é igual uma tabela FIPE, com uma diferença... 

Ver PDF CATÁLOGOS MUNDIAIS
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

Existem algumas empresas que produzem catálogos de selos para todos os selos do Mundo. As principais empresas são...

Ver PDF COMO IDENTIFICAR SELOS DE PAÍSES COM GRAFIA DIFERENTE DA OCIDENTAL
Autor(a): ILLUSTRATED IDENTIFIER | Data do Artigo: 13/02/2022
Ver PDF COTAÇÃO X PREÇO
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

Grande parte dos filatelistas ainda desconhecem a diferença entre COTAÇÃO e PREÇO.

Ver PDF FILATELIA = CONFIANÇA
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

Comprar selos através da imagem pode ser muito complicado. A filatelia é complicada... 

Ver PDF FRAUDES E MONTAGENS
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

O pessoal insiste em vender peças falsas por pura falta de conhecimento. Recebo regularmente dezenas de leilões e vendas sob ofertas e quase sempre encontro peças falsas (principalmente no exterior).

Ver PDF GLOSSÁRIO DE CORES
Autor(a): Ulrich Schierz | Data do Artigo: 16/02/2022

Manual ilustrado para estudo e coparação de cores na filatelia. Uma execelnte ferramenta para estudos.

Ver PDF INSTRUMENTOS DO FILATELISTA
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

Para a classificação e o exame de um selo postal são necessários os seguintes instrumentos...

Ver PDF RARO E CARO
Autor(a): Peter Meyer | Data do Artigo: 16/02/2022

Demora muito tempo para tornar-se um bom filatelista. Conhecimento e a maturidade são qualidades desenvolvidas ao longo de uma existência. A maioria, lamentavelmente, nunca passa da infância. Através dos tempos poucos foram os filatelistas que desenvolveram a arte de saber o que é raro e o que é apenas caro. 

Ver PDF RECUPERANDO SELOS AUTO-ADESIVOS – PARTE I
Autor(a): Roberto Antonio Aniche | Data do Artigo: 16/02/2022

Quem não lembra com saudades do tempo do “gomeiro”, uma mesa com roldanas de borracha no seu tampo que passavam pela goma arábica para que colássemos os selos para aposição nas cartas? A cola evoluiu para a cola em pasta (Goyania), de resina (Tenaz) e as colas de bastão (Pritt). Nós, os filatelistas odiamos a cola de resina por motivos óbvios

Ver PDF RECUPERANDO SELOS AUTO-ADESIVOS – PARTE II
Autor(a): Roberto Antonio Aniche | Data do Artigo: 16/02/2022

Continuo a minha saga para obter selos autoadesivos circulados e descolados dos envelopes sem goma residual. A princípio não tive dificuldades em aplicar o método descrito no artigo anterior, mas obviamente as dificuldades surgiram.  

Ver PDF SELOS PERSONALIZADOS BRASILEIROS – LISTA
Autor(a): Cesar Augusto de Souza Procópio | Data do Artigo: 16/02/2022

O autor expressa grande gratidão à todos os Colecionadores e Filatelistas, que viabilizaram a realização deste trabalho, através de suas colaborações, além do fornecimento de imagens e informações. E antecipadamente agradece as sugestões, críticas e novas informações, que atualizem e aprimorem este trabalho.

Ver PDF TABELAS COM OS FILIGRANAS DO BRASIL
Autor(a): Cláudio Roque | Data do Artigo: 13/02/2022

Trabalho para identificação dos filigranas do Brasil.

Ver PDF TIRANDO FERRUGEM DE ENVELOPES E INTEIROS POSTAIS
Autor(a): Roberto Antonio Aniche | Data do Artigo: 16/02/2022

Neste artigo descrevo um método que foi passado na SPP, Sociedade Philatélica Paulista há cerca de três anos pelo associado Denis Roberto Baptista Martins. O método é extremamente simples, de baixo custo e não compromete as peças. 

Ver PDF TRATAMENTO COM CLOR-IN ®
Autor(a): Arthur Nascimento Júnior | Data do Artigo: 16/02/2022

O Clor-in ® é composto de dicloro isocianurato de sódio, um composto orgânico que se decompõe em água, liberando átomos de cloro atômico os quais se combinam tornando-se Cl2 em solução aquosa. Esse produto tem ainda um aditivo, o bicarbonato de sódio, que ajuda a estabilizar o pH da solução na faixa neutra (6,0 ≤ pH ≤8,0), o que se torna um excelente aliado no tratamento de manchas diversas em selos e principalmente, nas causadas pelos fungos que produzem a nefasta “ferrugem”.